Filmes

Oi gente!! Sei que não estou mantendo uma frequência regular aqui nas postagens, mas agora espero conseguir escrever regularmente.

O primeiro assunto que resolvi falar nesse ano é um dos que mais me agrada, que são os filmes. Esse é o terceiro ano que continuo anotando todos os filmes que assisto no ano, e a cada ano, gradualmente, me proponho a assistir alguns filminhos mais.

Existem redes sociais que ajudam a manter esse controle de filmes que “Já Assisti” ou que “Quero Assistir”, como por exemplo, o Filmow, que é uma rede que utilizo há algum tempo e recomendo muito para buscar filmes novos ou até mesmo para manter o controle dos filmes que já foram assistidos.

Através de recomendações de amigos e leituras de listas de blogs cada filme assistido acaba se transformando em mais três pra assistir, e assim minha lista “Para assistir” já está gigante.

Continuar lendo

Anúncios

Presentes

Oi gente [??] Nem sei como começar um post! Como vocês devem ter visto este é o primeiro post do meu “blog”. Eu não tenho muitos planos, mas um blog como este era um item da minha wishlist de 2012. Como um dos outros itens era o comprometimento, aqui estou eu!

Como toda essa ideia de blog surgiu nessa virada de ano, o primeiro post que eu pensei foi sobre presentes!

Chega o final de ano e todo mundo começa a pensar nos presentes, que época bonita né gente. Mas tem coisa melhor e pior que ganhar presente?

Quem não gosta de ganhar presente? Principalmente, um inesperado, fora de época. Mas quem gosta de ganhar aquele tipo de coisa que você nunca usaria? Não sei com vocês, mas os presentes que eu ganho normalmente são desse tipo. Claro, a gente tem que entender, ninguém nasce sabendo tudo sobre todo mundo! É natural que as vezes a gente ganhe uma ou outra coisa que a gente não gosta e também, em matéria de presentes, vale aquela velha frase da vovó “o que vale é a intenção”. Na hora que você abre bate aquela tristezinha, em alguns dá até pra ver na cara que não gostaram, aí a sua tia vem com aquela frase clássica “se não gostou dá pra trocar”, mas quem tem coragem de dizer que não gostou?

Mesmo assim, com todos estes contras, eu amo ganhar presentes, e dar presentes também! E o Natal fica muito sem graça quando não tem um papel pra rasgar, um pacote pra abrir, uma caixa pra desembrulhar, nem que seja uma caixa de bombom. Eu sei que este não é o sentido do Natal, mas é uma tradição tão forte que já não nos imaginamos sem ela!

Na minha opinião, dar e receber presentes é uma dar coisas mais divertidas que existem, principalmente por todas essas confusões que acontecem.