Terceiro ano

Uma das realidades mais difíceis de encarar pra mim em 2014 é a de estar no terceiro ano do ensino médio, ver a responsabilidade chegando e não ter mais como adiar.

Existem milhares de questões filosóficas que eu podia falar a respeito disso, mas acho que o fato é que dificilmente estamos preparados pra sair da nossa zona de conforto, e isso é algo que precisamos nos esforçar para fazer. 

Estou há muito tempo acostumada com essa rotina escolar, e a ideia de que ela não estará mais na minha vida daqui uns meses é bastante difícil. Pra quem diz que o último ano é só festa: eu não sinto isso. Sinto que é a hora que mais queremos fazer festa, mas temos tantas coisas pra decidir que qualquer segundo em que não estivemos pensando sobre nossa vida é desperdiçado.

Muito mais que “o conteúdo de matemática é muito difícil e eu vou rodar”, o sentimento é “tenho que decidir muitas coisas importantes esse ano”. Até a decisão de não decidir nada é impactante. Afinal, qualquer uma é para quem espera uma escolha de rumo.

A única forma de lidar é tentar se entender. E respeitar seu tempo. O tempo de aceitar esse “adeus” e o tempo pra decidir para onde quer ir.

Anúncios

Comentários

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s