Referências notáveis em American Horror Story: Asylum

Olá gente, hoje eu vou falar sobre American Horror Story. Pra quem não sabe, é uma série criada por Ryan Murphy e Brad Falchuk, que passa na FX. É enquadrada nos gêneros de terror, suspense e drama. Cada temporada tem sua própria história, e hoje vou falar mais especificamente sobre a segunda temporada que está em exibição atualmente.

A história se passa em 1964 e acompanha a Instituição Mental Briarcliff. Acompanhamos a história de pacientes, mas também de médicos e freiras que vivem nesta Instituição.  Alguns atores são conhecidos já da primeira temporada, por exemplo, Jessica Lange, Evan Peters, Sarah Paulson, Zachary Quinto, Lily Rabe, Dylan McDermott e outros são totalmente novos na série. Mas o objetivo deste post não é apresentar a série em si, mas sim algumas observações que apontam inspiração de diversos filmes de terror na série.

ATENÇÃO: Esse post contem SPOILERS. Recomendo que só leia o post caso já tenha assistido até o quinto episódio da segunda temporada.

Além dos temas óbvios notados na série, como a religião, os alienígenas, os nazistas e a história de Anne Frank, temos algumas cenas em particular que lembram muito outros filmes já conhecidos.

  • Laranja Mecânica (1971)

Imagem

A cena clássica de Laranja Mecânica onde Alex está recebendo o Tratamento Ludovico é comparável à cena do primeiro episódio da temporada, quando Kit está sendo “analisado” pelo Dr. Arden. As cenas se tornam mais comparáveis ainda devido a semelhança física dos atores Malcolm McDowell e Evan Peters.

Imagem

Temos também outro ponto comparável à Laranja Mecânica, desta vez, do quinto episódio. Lana, determinada a sair de Briarcliff, decide pedir ajuda ao Dr. Thredson. Esse, tenta ajudá-la com a “Terapia de Aversão” que nada mais é que um Tratamento Ludovico.

  • Documentário “O Abajur de Pele Humana”

Imagem

O documentário na verdade é uma busca para saber se esses abajures feitos de pele humana existiram ou não. Histórias diziam que esses eram feitos da pele dos judeus pela SS como experimentos com os prisioneiros dos campos de concentração. Um abajur de pele humana aparece disfarçadinho no quinto episódio, logo antes de descobrirmos a real identidade do Bloody Face (ou talvez por causa deste abajur, alguns já decifraram o código).

  • Freaks (1932)

Imagem

No filme Freaks de 1932, temos a personagem Schlitze, que diferente da Pepper de American Horror Story, não era maquiada, e sim um homem vestido com roupas de mulher que realmente apresentava tais distúrbios. A influência da aparência de Pepper é inegável, com certeza foi inspirada em Schlitze.

  • O Iluminado (1980)

Imagem

Esta é uma leve comparação que pode ser feita ao final do quinto episódio com o final do filme O Iluminado. Ambos os finais mostram uma foto ao longe que se aproxima até chegarmos a um rosto familiar. 

  • O Exorcista (1973)

Imagem

Talvez a única comparação aqui é o fato de existir um exorcismo, tanto no filme (obviamente) quanto no segundo episódio da temporada. Para mim, a aparência física dos exorcizados também é semelhante.

E finalmente,

  • O Massacre da Serra Elétrica

Imagem

Leatherface, o grande vilão da série de filmes é um homem cuja principal característica é uma máscara feita de pele humana. Bloody Face é um assassino de mulheres que também tem sua fixação por peles, por sua vez, ele também usa uma máscara feita de pele.

 

Por enquanto, essas foram as comparações que eu consegui fazer. Alguém aí percebeu outra coisa? Lembrando que as fotos foram retiradas do We♥It e algumas eu mesma fiz a screen capture. As comparações foram aquelas que eu notei assistindo aos episódios. Beijos e até a próxima!

 

 

 

Anúncios

6 pensamentos sobre “Referências notáveis em American Horror Story: Asylum

  1. OMG! Esse Evan é a cara do Dowell quando mais novo *-*
    Sou apaixonada por esse homem (Malcolm <3) e pela obra do nosso querido Burgess. É, tanto o livro quanto o filme, inteligente, crítico, mesclado à realidade que vivemos ultimamente, com mentes joviais perturbadas perante uma sociedade que não se difere, com rotinas caóticas, anarquistas, desordenadas… É “The Clockwork Orange!”, um clássico que não podemos nos dar o luxo de esquecer! Não é atoa que serviu de inspiração para a criação desse seriado (que logo em breve irei assistir para analisar a atuação desse Evan e ver se há como ela se igualar a magnífica de Dowell), é uma lenda!
    Meus parabéns pelo Post, muito bem elaborado e interessante. Faltou um pouco mais de explicação e texto, mas dá para levar. Gostei muito, boa sorte com o blog.

    • Muito obrigada pelo comentário! O roteiro da série não se assemelha muito à obra de Burgess fora os momentos assinalados, mas recomendo que assistas a série (principalmente a segunda temporada), não vais te arrepender.

  2. Lembrei muito de um estranho no ninho quando vi a irmã jude controlando todos os pacientes, parecia a enfermeira má desse filme. Outra referencia foi ao silencio dos inocentes na cena em que a Lana passa pelo corredor dos quartos dos pacientes e leva esperma no rosto por um masturbador compulsivo.

    • Oi Sara! Obrigada pelo comentário! ❤ Realmente, existem muitas referências a serem vistas e citadas em Asylum, até porque é um tema bastante tratado na literatura e cinema. Agradeço pela contribuição! Beijos

Comentários

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s